Trio é preso em Araucária com arma e carro roubado na casa de mulher de um dos maiores traficantes de Curitiba

presos-casa-marcello-stoco

Dois homens foram presos e um adolescente foi apreendido em Araucária na tarde desta quinta-feira (10). Eles estavam com um carro roubado, um revólver 357 e munições para escopetas de calibre 12.

O que chamou a atenção dos policiais, no entanto, foi o lugar onde a Guarda Municipal encontrou os criminosos: dois deles foram detidos em um veículo próximo à casa da atual esposa de Marcelo Stocco, conhecido como um dos maiores traficantes da Grande Curitiba. “Eles foram abordados e disseram que haviam acabado de sair da residência da mulher, a quem chamavam de ‘madrinha’. Quando fomos até o local, no bairro Costeira, encontramos o adolescente com a arma”, contou o secretário de segurança do município, Gabriel Castanheira, em entrevista à Banda B.

Segundo ele, o trio contou que a mulher não estava na casa porque havia ido ao psicólogo. “Nós não sabemos aonde ela foi. Apuramos que os três têm passagens por assalto e o adolescente também por tráfico de drogas, mas essas informações detalhadas ainda precisam de confirmação. Acreditamos que eles cometiam vários roubos na região de Curitiba”, completou Castanheira.

O carro que os suspeitos ocupavam, um HB20, foi roubado no dia 2 de novembro no bairro Abranches, na capital. O trio foi encaminhado à delegacia, onde deve ser autuado em flagrante.

Marcelo Stocco, homem que é considerado um dos maiores traficantes de crack e cocaína da Grande Curitiba, foi preso em abril de 2011 pela Polícia Federal. Ele foi detido pela primeira vez em novembro de 2003 por tráfico e homicídio, e solto em 2006. Em novembro de 2009 foi preso em Camboriú (SC), em uma operação encabeçada pelo Ministério Público do Paraná, mas um ano depois foi solto por problemas de morosidade judicial, junto com outras 23 pessoas acusadas de tráfico.

Fonte: Banda B