Prefeito de Araucária é preso em operação do Gaeco

anuncie-aqui-insercoes

15657983_1127254647373118_1806488550_oAlexsandro Wojcik

O prefeito de Araucária, Rui Alves Souza (PTC), foi preso na manhã desta terça-feira (foto) em uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público. A “Operação Fim de Feira” teria como alvo a cobrança indevida de valores, isto é, a exigência de dinheiro para liberar valores de contratos com a prefeitura e, até mesmo, para firmar contrato.

O mandado contra o Prefeito Rui é de prisão preventiva e foi determinada pelo Tribunal de Justiça do Paraná, que, a pedido do Gaeco e das Promotorias de Justiça de Araucária, também determinou o afastamento do prefeito do cargo. Com isso, a Prefeitura deve ser assumida pelo Presidente da Câmara da cidade.

Os agentes do Gaeco fizeram buscas na Prefeitura, na casa do Prefeito, e ainda cumprem mandados em outros municípios da região metropolitana. Além do prefeito, foram presos outros servidores e ex-servidores municipais.

Rui era vice-prefeito de Olizandro Ferreira (PMDB) e assumiu o cargo em julho deste ano, depois que Olizando renunciou ao posto alegando problemas de saúde.

Em reportagem, o Jornal O Popular do Paraná afirma que haveria até um vídeo em que Rui aparece recebendo dinheiro de um empresário que tem contratos com a administração pública municipal.

Com informações da Tribuna do Paraná e Jornal O Popular do Paraná

Foto: Marco Charneski / Jornal O Popular do Paraná

Foto da chamada: Carlos Poly / Secretaria Municipal de Comunicação Social de Araucária