Simone Bojano cobra transporte para pacientes de Catanduvas do Sul

UBS RGBAlexsandro Wojcik

A Vereadora Simone Bojano pediu à Prefeitura, através de Indicações apresentadas na Sessão do último dia 13 de fevereiro, para que se analise por parte da Secretaria Municipal de Saúde a possibilidade da implantação de uma rota para o transporte dos pacientes atendidos pela Unidade de Saúde de Catanduvas do Sul, Distrito Rural de Contenda.

Segundo relato da Vereadora, os pacientes atendidos na referida Unidade são obrigados a se deslocarem até o centro da cidade para fazer uso do transporte fornecido pela Secretaria de Saúde quando precisam realizar exames ou outros procedimentos médicos fora do município, sendo que muitos destes pacientes até mesmo deixam de procurar atendimento médico devido à dificuldade de deslocamento. “Um veículo de transporte de pacientes que saísse ou pelo menos passasse pela Unidade de Saúde de Catanduvas proporcionaria a estes pacientes uma condição melhor para buscar atendimento médico, pois muitos desistem das consultas e exames devido à dificuldade de deslocamento.”, comentou Simone.

Bojano minhaA Vereadora também indicou para a Prefeitura a necessidade da disponibilização de um Médico Ginecologista na Unidade de Saúde local, pois, mais uma vez, os pacientes lá atendidos precisam ir até o centro quando necessitam da respectiva especialidade, sendo que num primeiro momento precisam se deslocar para fazer o agendamento e, posteriormente, em outra data, precisam se deslocar novamente para fazer a consulta.

A Vereadora ressaltou ainda que a Unidade de Saúde local encontra-se totalmente estruturada para receber o atendimento desta especialidade e que o mesmo poderia ser realizado de 15 em 15 dias, pela mesma profissional que já atende nas unidades de saúde do centro.

Mudanças de classes beneficiariam alunos da Escola Nossa Senhora das Graças, aponta Vereadora

Pais dos alunos das classes Pré 1, Pré 2 e Primeira Série da Escola Nossa Senhora das Graças, de Catanduvas do Sul, relatam que os ônibus escolares no período da manhã trafegam com lotação excessiva de alunos, não oferecendo segurança muito menos comodidade aos mesmos. Os mais prejudicados são os alunos de menor faixa etária. Os pais relatam ainda que por se tratar de rotas extensas, alguns desses alunos chegam ao ponto de embarque próximo das seis horas da manhã, ficando expostos à variação climática até o momento do embarque.

Procurando uma solução ao problema relatado, a Vereadora Simone formalizou um pedido para que a Prefeitura estude uma possível mudança das classes escolares citadas (Pré 1, Pré 2 e Primeira Série) do período matutino para o período vespertino, já que os ônibus que fazem a mesma rota no período da tarde possuem um fluxo bem menor de alunos transportados, sendo que tal mudança poderia proporcionar um maior equilíbrio no número de alunos a serem transportados nos dois turnos, além de também beneficiar os alunos do Colégio Estadual Dr. Adhemar Sicuro, que dividem os mesmos ônibus e também sofrem com a lotação.

A Indicação foi enviada para a Prefeitura e deve ser repassada para a Secretaria Municipal de Educação.