Recuperação dos gêmeos de Frankielen surpreende os médicos

Corte chamadas siteAlexsandro Wojcik

Imagem: reprodução / RPC TV

Apesar de ainda não estarem fora de risco, já que os médicos ainda não sabem se a alta dose de remédios recebida pela mãe durante a gestação vai afetar ou não a saúde das crianças, a recuperação dos gêmeos Anna e Asaphe, filhos de Frankielen Zampoli, moradora de Contenda que gerou o casal mesmo depois de sua morte cerebral, está surpreendendo os médicos do Hospital do Rocio, em Campo Largo, onde permanecem sob cuidados.

Segundo matéria exibida pela RIC TV na última sexta-feira (24), os dois já ganharam pouco mais de 300 gramas cada e cresceram cerca de 3 centímetros. Desde que completaram 30 dias, os bebês também já começaram a tomar leite, doado por outras mães internadas no Hospital do Rocio.

A equipe médica que acompanha os gêmeos desde o nascimento comemora cada pequeno progresso e, devido a boa saúde, já os considera como prematuros normais. Atualmente, Anna e Asaphe estão em uma ala isolada do Hospital, mas logo devem seguir para outra ala da UTI onde ficarão junto com outros bebês.

Frankielen estava de nove semanas quando sofreu um AVC e teve morte cerebral. Com a ajuda de aparelhos, os médicos puderam completar a gestação e os gêmeos nasceram 123 dias após a morte da mãe, constituindo um caso raríssimo na medicina mundial.

Confira a matéria exibida pela RIC TV na semana passada: http://bit.ly/2nvuT0v