População está na bronca com a Sanepar!

Fotos/texto: Alexsandro Wojcik

Moradores de vários bairros e regiões de Contenda estão na bronca com a Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar. O relato geral é que está faltando água. Conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros, assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo. No entanto, moradores do bairro Mato Branco, por exemplo, onde inclusive existe uma caixa d’água da Companhia (foto), ficaram cerca de quatro dias sem água na semana passada. Segundo os técnicos da Sanepar, a falta d’água na região foi ocasionada devido a problemas com uma bomba de distribuição, que só foram identificados após vários dias de teste.

O bairro Habitar Brasil também está com o abastecimento precário. Segundo populares, cortes estão sendo feitos em praticamente todos os finais de semana. O mesmo acontece nos bairros Loteamento Jardim São João e Jardim Planalto, onde os moradores relatam que há muito tempo vêm sofrendo com a falta de abastecimento de água potável, sendo que o fornecimento geralmente é interrompido nas sextas-feiras e sábados num período compreendido entre as 11h da manhã e às 22h da noite.

No Jardim São João, até mesmo a Escola Municipal Vereador Antonio Borkowiski vem enfrentando dificuldades e transtornos em virtude da falta de abastecimento de água. O referido estabelecimento de ensino está com problemas principalmente para manter as condições de higiene e limpeza do local aos alunos, sem falar nas dificuldades para preparar a merenda escolar.

Relatos de falta d’água também são feitos por moradores dos Bairros Pedro Machado e Serrinha, por exemplo, consideravelmente distantes entre si.

E não é só a falta d’água que está deixando a população insatisfeita. A qualidade da água também é motivo de reclamação e preocupação: Ilda Marcovicz, moradora do Loteamento Jardim São João, mostra na foto uma água de tom alaranjado que saiu da torneira da pia da cozinha de sua casa. “Estou indignada, pois a rede de água passa dentro do meu lote e eu protocolei um pedido solicitando a mudança da rede em abril e até agora nem vieram averiguar a situação”, completa ela.

Em contato com a Sanepar, a mesma informou que na última sexta-feira (22), uma manutenção emergencial foi feita na rede, sem especificar onde, e que por isso pelo menos seis bairros ficaram sem água em Contenda. A Companhia afirmou que a tendência era que todo o sistema de abastecimento se normalizasse a partir de então.

Em caso de falta d’água, é importante realizar um protocolo com a Sanepar para que a mesma tome providências. O atendimento ao público é feito pelo 0800 200 0115, que funciona 24 horas. É necessário ter o CPF do titular e o número da matrícula do imóvel em mãos. A matrícula consta no talão de conta da água, conforme a imagem demonstrativa.