Acidentes com animais peçonhentos aumentam no verão

Escorpião-amarelo-hg-20100416

Escorpião amarelo. Foto: Divulgação/Instituto Butantan.

O aumento de ocorrências de picadas de animais peçonhentos durante o verão já é bastante conhecido. Os acidentes são maiores no verão não só devido ao aumento do calor, mas também porque os animais aparecem mais com o período de plantio e colheitas agrícolas, que coincidem com o verão em diversas culturas.

A maior parte dos registros com animais peçonhentos é provocada principalmente por cobras, escorpiões, aranhas e lagartas, pois esses animais costumam utilizar o veneno para caçar presas e, eventualmente, para se proteger de predadores, quando se sentem ameaçados.

É possível evitar acidentes com animais peçonhentos de forma simples: manter os terrenos limpos, livres de entulhos, madeira e materiais de construção; evitar o acúmulo de lixo, porque lixo atrai ratos, que são alimentos das cobras e baratas, que por sua vez são alimentos de escorpiões; manter os gramados aparados; verificar calçados e roupas antes de vestir e, claro, sempre prestar atenção por onde está circulando.

Em caso de contato com qualquer animal peçonhento ligue para a Secretaria de Saúde do Paraná para receber atendimento especializado, através dos fones (41) 3330-4300 / (41) 3330-4406.

Na tarde do último sábado (17), em uma chácara em Contenda, um boi de porte médio morreu muito provavelmente devido a picada de uma cobra. O proprietário do animal comentou que tinha o visto bem minutos antes de encontrá-lo agonizando no pasto, com uma forte palpitação. Médicos veterinários foram chamados, mas não houve tempo. Não foi confirmada a causa da morte, mas os veterinários não chegaram à outra suspeita senão a de picada de cobra.

Da redação.

Boi Seu João (3)

Boi de porte médio morreu provavelmente devido a picada de uma cobra no último sábado (17), em Contenda. Foto: Alex Wojcik.