Araucária registra casos de morcegos com raiva e Prefeitura faz alerta

Nos últimos 12 meses, Araucária registrou três casos positivos para raiva em morcegos. O mais recente deles detectado na última semana na região central da cidade. A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Controle de Zoonoses, alerta aos moradores para que não toquem caso encontrem o animal. Um morcego caído no chão, desorientado, voando de dia, com dificuldade para voar, agressivo ou morto pode ter raiva; e raiva é uma doença que pode levar à morte.
 
O vírus que causa a raiva está presente na saliva dos animais doentes. O risco de infecção ocorre após a mordedura, ou até mesmo arranhadura, de animais doentes. A colaboração da comunidade é muito importante para que nenhuma pessoa seja infectada.
 
O que fazer?
 
Sem tocar no morcego, o morador pode tentar aprisionar o animal com um balde ou bacia virada para baixo com um peso acima para que ele não consiga fugir. O passo seguinte é ligar imediatamente para qualquer um desses telefones: (41)3901-5286, 3901-5281, 3901-5134 ou 0800-643-3005. Se alguém tocou em morcego, este deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima.
 
Convém destacar que o morcego é um dos grandes responsáveis pelo equilíbrio ambiental contribuindo para a polinização, ajudando a dispersar sementes e a controlar a população de insetos (cerca de 70% deles se alimentam só de insetos). Por isso, não se justifica sair à caça para matar o animal como se todos os indivíduos fossem uma ameaça. O alerta é sobre os animais que apresentam comportamento que levante suspeita.
Foto: Carlos Poly/SMCS
Fonte: Portal Araucaria