Moradores seguem à espera do asfalto no loteamento São João

Moradores do Loteamento São João, em Contenda, seguem na bronca com o atraso nas pavimentações de algumas ruas no bairro. O descontentamento dos moradores não é de hoje. Desde o final de 2019, ou seja, ainda durante a gestão passada, eles vêm reclamando dos transtornos causados pelos atrasos e paralisações nas obras de pavimentação.

Inicialmente, as obras eram de responsabilidade da empresa Rodopena. No final de 2019, segundo funcionários, a empresa paralisou os trabalhos por que não teria recebido valores referentes às últimas etapas das obras. Oficialmente, porém, a empresa não respondeu à contato feito pelo Jornal MARCA na época.

Já a informação da Prefeitura (na gestão passada) era de que a Rodopena havia executado apenas parte do serviço e abandonado a obra, incorrendo em atraso e paralisação dos serviços. Diante do impasse, o contrato entre a Prefeitura e a Rodopena acabou rescindido, de forma que outra empresa pudesse assumir as pavimentações.

A empresa Giralda Construtora de Obras Ltda foi quem assumiu os trabalhos e inicialmente tinha prazo até Novembro de 2020 para conclusão das pavimentações, o que não aconteceu.

Post feito pela Prefeitura ainda durante a gestão passada indicava que a empresa tinha até Novembro de 2020 para conclusão das obras.

 

Situação atual

A Secretaria de Obras, Viação e Serviços Urbanos informou que no último dia 14 de Julho houve uma reunião com a empresa Giralda pautando a conclusão das obras em questão, sendo que a empresa decidiu rescindir amigavelmente o contrato vigente com o município sob a alegação da falta de recursos financeiros para término dos trabalhos. A Prefeitura informou que ainda aguarda as justificativas da rescisão em planilhas, a última medição e o pedido da desistência da empresa.

Dessa forma, um novo processo licitatório será aberto para a contratação de nova empresa que ficará responsável pelas obras, que, portanto, seguem sem previsão para serem finalizadas.

O valor total previsto para pavimentação das Ruas Leonor Pacheco dos Anjos, Juvêncio de Camargo e Souza, Alice Carvalho da Rocha Pinto e José Ferreira da Silva é de R$ 2.488.476,71 (dois milhões, quatrocentos e oitenta e oito mil, quatrocentos e setenta e seis reais e setenta e um centavos).