Aves são encontradas mortas de forma misteriosa em Contenda

Em São José dos Pinhais, animais foram atacados dentro e fora dos viveiros. Foto: Guarda Municipal de São José dos Pinhais / divulgação

Entre os animais mortos, um gato. Foto: Guarda Municipal de São José dos Pinhais / divulgação

Animais de maior porte, ovelhas tiveram dilacerações principalmente nas patas traseiras. Foto: Guarda Municipal de São José dos Pinhais / divulgação

Alexsandro Wojcik

Na manhã da última quarta-feira, dia 28 de março, Guardas Municipais da Patrulha Ambiental de São José dos Pinhais foram acionados para atender uma ocorrência inusitada na Colônia Zacarias, zona rural do município da região metropolitana. A equipe se deslocou até a Rua Faustino Sabota, onde está localizada uma chácara na qual 17 galinhas, 9 patos, 6 ovelhas e 1 gato foram mortos de forma muito estranha.

Os animais foram encontrados pelo proprietário (a) da chácara pela manhã, sendo que o mesmo (a) afirmou que durante a noite não se ouviu qualquer sinal ou ruído do ocorrido. As ovelhas, por exemplo, foram encontradas com sinais de violência, tendo sofrido dilacerações nas pernas mas, curiosamente, sem sangue espalhado pelo local. Algumas delas ainda estavam agonizando quando a Guarda Municipal chegou na chácara. Já as aves tiveram perfurações na região do peito – também sem nenhuma presença de sangue pelo local.

Ainda, este teria sido o segundo ataque do tipo registrado em São José dos Pinhais nos últimos tempos, já que na semana anterior a dona de uma chácara próxima à esta também teve alguns animais mortos da mesma forma. Segundo informações, ela perdeu um bode, algumas galinhas e gansos.

O fato ocorrido em São José dos Pinhais foi registrado pelos principais jornais de Curitiba, incluindo Tribuna do Paraná, Gazeta do Povo, Banda B e Plantão 190 e foi tema até mesmo de reportagem da RPC, exibida no Paraná TV na última sexta-feira (clique nos links para ver as respectivas matérias).

À Banda B, o guarda municipal Ledison afirmou que a forma como os bichos foram mortos na chácara em São José dos Pinhais causou estranheza. “É uma situação muito misteriosa. Vários animais mortos e outros gravemente feridos, até mesmo agonizando. O que mais chamou a atenção é que todos eles tinham furo no peito, porém sem sangue. Fiquei pasmo de ver aquilo”, descreveu.

Ainda, segundo divulgado pela Tribuna do Paraná, a situação registrada em São José dos Pinhais é parecida com um caso que ocorreu no Bairro Alto, em Curitiba, no começo de Março, quando 50 aves foram mortas em circunstâncias igualmente misteriosas.

MAIS DE 49 AVES FORAM ENCONTRADAS MORTAS DE FORMA SEMELHANTE EM CONTENDA

O fato é que, um dia antes à ocorrência registrada em São José dos Pinhais, um caso muito semelhante foi registrado em Contenda, mais precisamente na localidade dos Pepes, em uma chácara local, onde um total de quarenta e nove (49) aves – entre patos, gansos e galinhas – foram encontradas mortas na manhã da última terça-feira, dia 27 de março. Outras aves foram encontradas machucadas e acabaram morrendo nos dias seguintes.

Segundo os moradores da chácara, nem um barulho sequer foi ouvido e nada de estranho foi notado. No entanto, à exemplo do que aconteceu em São José dos Pinhais, todas as aves tinham perfurações na região do peito, mas nem uma gota de sangue foi encontrada no local.

O proprietário da chácara, Valmir Ferreira, que é ex-militar, foi quem encontrou as aves. Ele tirou fotos dos animais (veja abaixo), que depois foram enterrados. “A gente acredita que não seja nada sobrenatural, mas não foi só aqui que aconteceu, né? Aí bate uma dúvida”, comentou Helena Santos, uma das moradoras da chácara.

E aí, o que é que pode ter causado a morte dos animais?

Em Contenda, mais de quarenta e nove (49) aves, entre patos, gansos e galinhas, foram encontradas mortas nas mesmas circunstâncias. Foto: divulgação.