Município de Contenda realiza Dia D contra polio e sarampo neste Sábado (18)

Comunicação Social Prefeitura Municipal

A Prefeitura de Contenda, por meio da Secretaria de Saúde, informa à população sobre o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo que acontece neste final de semana. Idealizada pelo Ministério da Saúde, a meta de imunizar aproximadamente 11,2 milhões de crianças em todo o país.

Em Contenda, por exemplo, todas as Unidades de Saúde do município estarão atendendo à população em horário especial neste sábado (18), entre às 8h e 17h. A vacinação também poderá ser feita na unidade do loteamento São João e no Habitar, no Adolescentro. A meta, segundo a Secretaria de Saúde, é vacinar aproximadamente 960 crianças com idade entre 1 a 5 anos.

De acordo com a Secretaria de Saúde, é importante que todo público alvo se vacine, mesmo quem já se vacinou em outra ocasião.

A prefeitura reforça que, nesta campanha, os pais e responsáveis têm papel fundamental no processo de manutenção da eliminação dessas doenças e devem comparecer aos serviços de vacinação com suas crianças, levando a caderneta de vacinação para avaliação e registro.

O município também prepara cama elástica, piscina de bolinhas, pipoca e algodão doce para o Dia D.

AS DOENÇAS – A poliomielite e o sarampo são doenças de notificação compulsória e o país tem compromissos internacionais para sua erradicação e eliminação.

A pólio é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito. Acomete em geral os membros inferiores, de forma assimétrica, tendo como principais características a flacidez muscular, com sensibilidade preservada, e a arreflexia no segmento atingido.

A transmissão ocorre por contato direto pessoa a pessoa, pela via fecal-oral (mais frequentemente), por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores, ou pela via oral, através de gotículas de secreções da orofaringe (ao falar, tossir ou espirrar). A falta de saneamento, as más condições habitacionais e a higiene pessoal precária constituem fatores que favorecem a transmissão do poliovírus.

O último caso de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989 e desde 1990, não são registrados casos da doença.

Já o sarampo é uma doença infecciosa aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias.

Nos últimos anos, foram vivenciados surtos de sarampo no país. No período de 2016 a 2017, não foi registrado nenhum caso da doença no país. Atualmente, o Brasil enfrenta surtos de sarampo em dois estados (Roraima e Amazonas) com registro de 314 casos confirmados.