Homens que se passavam por policiais para praticar extorsão são presos em Araucária

Texto/fotos: Comunicação Polícia Civil

Uma equipe de investigação da Delegacia de Araucária prendeu em flagrante na terça-feira (16/10), quatro homens com idades entre 30 e 45 anos, identificados como Laercio Medeiros, 45 anos, Josimar Olisses Silva Bruno, 30 anos, Rogerio Druscz, 35 anos e Mateus dos Santos, 54 anos.

Segundo a investigação, eles compravam dívidas e se passavam por policiais para intimidarem as vítimas e extorquir dinheiro, inclusive usavam documentos falsos da Polícia Civil.

A quadrilha foi descoberta porque uma das vítimas não se intimidou com as ameaças e registrou Boletim de Ocorrência. “Se diziam policiais, hora diziam que conheciam policiais em Araucárias e que nada aconteceria”, disse na delegacia.

Com o objetivo de ajudar a polícia, a vítima, que já vinha sido ameaçada, avisou que o quarteto tinha marcado um encontro para receberem o dinheiro.

“O encontro foi num posto de combustíveis próximo à Delegacia de Araucária, no bairro Porto das Laranjeiras, para negociar a dívida, de forma que quando as pessoas de Laercio Medeiros (este com indicativo criminal por porte de arma) e Josimar Olisses Silva Bruno (cobradores e moradores de Araucária), acompanhados de Rogerio Druscz e Mateus dos Santos (credores e moradores de Contenda), chegaram ao local marcado”, disse João Marcelo Renk Chagas, delegado-titular da Delegacia de Araucária.

Foi realizada a abordagem e no carro dos bandidos foram encontrados um soco inglês, com uma lâmina e dois “porretes” de madeira, bem como uma carteira na posse de um desses elementos uma carteira de identificação da “Academia Nacional de Investigações e Segurança” intitulando-o “Agente Secreto”. Os suspeitos estão presos na Delegacia e irão responder pelos crimes de formação de quadrilha e extorsão.

A ocorrência também foi reportada pelo programa Balanço Geral. Assista a reportagem no link >> http://bit.ly/2QU6CyS