IML ainda não identificou ossada encontrada em Serrinha

Foto: reprodução / WhatsApp

Alexsandro Wojcik

O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba ainda não identificou a ossada encontrada por um agricultor em uma área de lavoura da localidade de Serrinha, Contenda, no último dia 17 de junho. Após o achado, a Polícia Militar foi acionada e a equipe do IML recolheu os restos mortais.

O Instituto informou que ainda não foi feita uma perícia e que a identificação do corpo em casos como este é difícil de ser feita, muitas vezes sendo possível somente através de testes de DNA. O IML informou também que até o momento nenhuma pessoa com familiar desaparecido fez contato para saber sobre a identidade da ossada encontrada, sendo que na maioria das vezes o teste de DNA só é liberado após alguém reclamar o corpo.