Mais de um ano depois de proposta, mudança nos sentidos de circulação dos veículos ainda não foi totalmente concretizada

Rua Francisco Sotel Cordeiro: faixas apontam sentido único, mas mudança não foi concretizada.

Foto/texto: Alexsandro Wojcik

Já se completou cerca de um ano desde que a proposta da mudança nos sentidos de circulação dos veículos nas principais ruas do centro de Contenda era para ter sido posta em prática. Em agosto do ano passado, após concluído o recapeamento asfáltico da Avenida João Franco, a mudança nos sentidos de circulação na Avenida São João e Rua Francisco Sotel Cordeiro só dependia da adequação da sinalização viária, segundo a Prefeitura. A chamada sinalização horizontal, pintura das vias indicando as mãos a serem seguidas, chegou a ser feita nas duas vias na época, mas a sinalização vertical, isto é, as placas que devem acompanhar a sinalização da pista, não foi feita, e as mudanças seguem não concretizadas até hoje, tendo sido implementadas apenas parcialmente.

O sentido único da Avenida João Franco, a partir da Rua Stanislau Szczypior até a Rua Francisco Sotel Cordeiro, e a da Rua Dr. Anadyr de Moura Carvalho, que segue da Francisco Sotel Cordeiro até a Stanislau Szczypior, são as únicas efetivadas até aqui; na Rua Francisco Sotel Cordeiro e na Avenida São João, que chegaram a receber a pintura das faixas, permanecem os sentidos duplos até hoje.

Em fevereiro deste ano, a Prefeitura informou que o pedágio impôs algumas mudanças no plano original proposto, mas afirmou também que a efetivação das mudanças na Avenida São João e Rua Francisco Sotel Cordeiro dependia apenas da adequação da sinalização viária, e que o setor responsável já havia inclusive encaminhado ao setor de compras da Prefeitura as sinalizações verticais (placas) necessárias. Nenhuma previsão, porém, foi dada na época. Desta vez, em novo contato, a Prefeitura não deu uma resposta sobre a situação.