Moradores protestam e vereadores desistem de aumento de 100%; salário vai cair para R$ 970

npdiario.com

Comum não é, mas aconteceu. Após pressão popular, a Câmara Municipal de Santo Antonio da Platina, norte do Paraná, aprovou nesta quarta-feira (15) a redução no salário do prefeito e dos próprios vereadores. Por sete votos a um, os parlamentares aprovaram um emenda ao projeto original que previa o aumento dos salários de todos. A emenda reduziu os vencimentos.

O salário do prefeito que iria de R$ 14,7 mil para R$ 22 mil, de acordo com o projeto aprovado em primeira discussão, cairá para R$ 12 mil. Já o salário do presidente da Câmara, que passaria de R$ 4 mil para R$ 8,5 mil, vai ser de R$ 970. O dos vereadores, que subiria de R$ 3,7 mil para R$ 7,5 mil, também será de R$ 970. Os novos valores passam a valer a partir dos próximos mandatos, que começam em janeiro de 2017.

A decisão foi tomada após a repercussão negativa provocada pelos aumentos e a pressão popular. Moradores lotaram a Câmara na sessão desta quarta e os vereadores recuaram.

A comerciante Adriana Lemes, que discutiu com um vereador na sessão de segunda-feira (13), foi aplaudida. O vereador Santinho Furtado (PMDB) votou contra alegando que a iniciativa seria “demagogia”.

O presidente do legislativo platinense, Valdir Domingos de Souza (PSC) se disse satisfeito com a participação popular. Também previu que políticos que costumam comprar votos nas campanhas eleitorais e também aqueles que fazem assistencialismo reduzirão suas atividades, “quem se candidatar será para efetivamente trabalhar pela população”, afirmou.

O projeto com a emenda passará por uma terceira votação na sexta-feira (17). Após isso, será encaminhado para sanção ou não do prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM).

Fonte: Banda B

Foto: npdiario.com

Revolution Slider Error: Slider with alias Geral not found.

Maybe you mean: 'topoesquerda' or 'topodireita' or 'Contenda' or 'Região' or 'Policial' or 'Capa' or '2' or '3' or '4' or 'topologo' or 'banner comprido lateral'