Moradores protestam por pavimentação da Rua Juvêncio Soares

Moradores do bairro Loteamento dos Cordeiros / Centro se mobilizaram e expuseram diversas faixas em suas residências ao longo da Rua Juvêncio Soares da Silva, que liga o centro de Contenda à localidade de Campestre. As faixas com mensagens de protesto foram expostas na manhã da última Terça-Feira (21) a fim de chamar a atenção para um pedido antigo e que, mesmo em meio a várias promessas, se arrasta há cerca de 6 anos: a pavimentação da referida Rua.

Antes denominada PR 510 e de responsabilidade, portanto, do Estado, a referida Rua foi municipalizada e passada à responsabilidade da Prefeitura desde 2017. Antes da municipalização do trecho, a justificativa da Prefeitura era sempre de que não era possível proceder com uma pavimentação da estrada por ela pertencer ao Estado. Depois da municipalização do trecho, segundo os moradores, no entanto, várias promessas de asfaltamento já foram feitas e, até hoje, não cumpridas.

Os moradores dizem já terem realizado reuniões com o Poder Executivo e até mesmo Legislativo, tendo inclusive apresentado, no ano passado, um abaixo-assinado com mais de quinhentas assinaturas reivindicando a pavimentação.

Segundo Edson Wojcik, um dos moradores da região, além da poeira, o excesso de peso de alguns caminhões causa trepidação, o que já acabou inclusive por formar rachaduras em muros e paredes de algumas residências mais próximas da estrada. A situação fica evidenciada através de fotos, tiradas e enviadas pelos moradores.

“Já tentamos resolver a questão várias vezes com as autoridades do município, Prefeito e Vereadores, e sempre obtivemos promessas, no entanto promessas vazias. Durante o dia, se você verificar, passa muito caminhão carregado por esta estrada, trazendo muita poeira e inclusive rachaduras já se formaram em algumas casas devido à trepidação, já que alguns caminhões passam com excesso de peso.”, resumiu Edson, que assim como os demais moradores, segue aguardando uma resposta do Poder Executivo.

A reivindicação dos moradores foi reportada até mesmo pela RPC, em matéria exibida no jornal Boa Noite Paraná na última Quarta-Feira (22). Na matéria, o Prefeito Carlão Stabach garantiu que já existe um projeto concluído para a realização da pavimentação, com gastos na ordem de R$ 680 mil. A previsão dada pelo próprio Prefeito é de que a obra seja feita até o final deste ano (assista aqui a reportagem).

 

Moradores reclamam da poeira…

…e de rachaduras nas residências.