Motorista causa acidente inacreditável e fica em estado grave em Araucária

Átila (6)

Foto: Átila Alberti

O motorista de uma Fiat Strada que fazia ultrapassagem na PR-423, em Araucária, bateu de frente com um caminhão-baú e ficou gravemente ferido, na tarde desta quinta-feira (19). Segundo o Corpo de Bombeiros, ele não usava cinto de segurança e ficou preso nas ferragens do carro. Outro caminhão carregado com 30 mil litros de álcool, tombou no canteiro da rodovia ao desviar da colisão.

Conforme testemunhas, o motorista da Strada de uma empresa de veneno tentou ultrapassar um congestionamento na altura do quilômetro 10. Ele deu de frente com o caminhão com placa de Guajaramirim, Roraima, que só parou mais de 500 metros à frente. O caminhoneiro não se feriu.

Jeferson Paes de Oliveira, 37 anos, conduzia um caminhão de combustível que vinha logo em seguida. “Eu não encostei em ninguém. Eu parei no acostamento e o caminhão tombou”, contou. Por sorte, Jeferson sofreu apenas arranhões.

O motorista da Strada foi retirado do veículo pelos bombeiros e socorrido pelo Siate. Ele foi encaminhado pelo helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em estado grave ao Hospital Nossa Senhora do Rocio. O rapaz estava consciente e, de acordo com o médico que prestou o atendimento, sofreu uma grave pancada nas costas.

“A vítima a princípio não usava cinto de segurança, tanto que ficou com a perna presa embaixo do painel do veículo”, afirmou o tenente Bortolasci, do Corpo de Bombeiros. O Strada ficou completamente destruído e motor do carro chegou a ser arremessado alguns metros à frente.

Os bombeiros fizeram um trabalho para garantir que não houvesse risco de incêndio no local do acidente, agravado pela carga de combustível de um dos caminhões.

Fonte: Paraná Online