ONG Faça Bonito realizou palestra para aproximadamente 1.400 estudantes

Tendo como referência 18 de maio, quando é lembrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, a Prefeitura de Contenda, por meio da Secretaria de Promoção e Assistência Social, realizou várias ações em alusão a data na semana passada.

As ações programadas tiveram como objetivo sensibilizar a sociedade em geral no combate ao abuso e exploração das crianças e adolescentes, conscientizando todos sobre a importância de se proteger essa parcela social.

No último dia 18 a Secretaria de Promoção e Assistência Social, juntamente com o Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) e o Conselho Tutelar, realizaram mobilizações junto à população, comunidades, escolas, entre outros, visando a luta em defesa dos direitos e ao combate a esta violência contra crianças e adolescentes.

Na segunda e terça-feira, dias 23 e 24, respectivamente, aconteceu no Contendinha a capacitação da Rede de Proteção do município. Diretores, conselheiros tutelares, membros da Secretaria de Assistência Social, entre outros, estiveram no evento.

Já na quinta-feira (26), em parceria com a Secretaria de Educação, aconteceu a palestra com a ONG Faça Bonito. Aproximadamente 1.400 estudantes, divididos em quatro sessões, prestigiaram o evento no Centro Esportivo Dr. Adhelmar Sicuro que tratou sobre este tema. O prefeito de Contenda, Antônio Adamir Digner, o Mostarda, esteve presente.

A data 18 de Maio simboliza a luta contra a violência contra criança e adolescente, bem como é alusiva ao caso Araceli Crespo, menina de 8 anos que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973 na cidade de Vitória, no Espírito Santo. Durante todo o mês de maio, mas especialmente nesse dia, campanhas procuram sensibilizar e mobilizar a sociedade na luta em defesa dos direitos da infância e da juventude.

Em Contenda, nos casos de suspeita, as pessoas podem denunciar junto ao Disque Direitos Humanos, ligando no número 100 (a ligação é anônima e gratuita) ou no Conselho Tutelar, pelos telefones 3625-2632 ou 98403-3403.

Fonte: Assessoria Comunicação Prefeitura Municipal