Passagem sobe para R$ 3,30 a partir de hoje (06)

Para manter integração, usuários da RMC podem acabar tendo que pagar tarifa diferenciada

Busão (2)

Foto: Alex Wojcik.

A Prefeitura de Curitiba anunciou o reajuste da tarifa do transporte coletivo na tarde da última terça-feira (03). A partir desta sexta-feira (06), quem pagar com cartão transporte desembolsará R$ 3,15, quem usar dinheiro, R$ 3,30. Os valores também são válidos para as linhas da Rede Integrada de Transporte, a RIT, pelo menos momentaneamente.

De acordo com a prefeitura, com esse reajuste o executivo municipal assume integralmente o pagamento do subsídio das linhas urbanas, que será de R$ 2 milhões por mês. Segundo os cálculos da Prefeitura, com esse novo valor tarifário, o subsídio do governo estadual para as linhas metropolitanas cairia de R$ 7,5 milhões por mês em 2014 para cerca de R$ 7 milhões por mês em 2015.

A manutenção da RIT depende agora da resposta do Governo do Estado e, ao que tudo indica, a tarifa metropolitana poderá ter um valor diferenciado. Em entrevista à RPCTV, o presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) afirmou que estão sendo realizados estudos técnicos para definir como será a dinâmica do transporte e os valores a serem cobrados. O novo valor da tarifa metropolitana deve sair até o fim de semana, após a conclusão destes estudos.

Da redação