Identificados os suspeitos mortos em confronto com a PM após perseguição que se iniciou em Contenda

Alexsandro Wojcik

Quem estava no centro de Contenda na manhã do último sábado, dia 27 de agosto, se assustou com uma intensa perseguição da Polícia Militar a um veículo Gol. Durante a perseguição, até disparos de arma de fogo foram feitos. Através de uma denúncia via 190, a Polícia Militar (PM) de Contenda recebeu informações sobre o veículo Gol em atitude suspeita em frente a uma loja, no centro da cidade, durante a manhã. Após deslocamento até o centro, os policiais visualizaram o veículo relatado e, na tentativa de fazer uma abordagem, foram recebidos a tiros. O carro empreendeu fuga imediatamente e ali iniciou uma perseguição que só foi se encerrar no município da Lapa. Após intenso acompanhamento tático feito pelos PMs de Contenda e da Lapa, que passaram a prestar apoio na ação, o Gol acabou sendo abandonado pelos seus ocupantes no pátio da Cooperativa Bom Jesus. Dali, os meliantes fugiram a pé, mato à dentro. A Polícia constatou que o carro era roubado após consultar o chassis do veículo, já que a placa era clonada e não indicava alerta de furto.

Num primeiro momento, os criminosos não foram localizados e o carro foi encaminhado para a Delegacia, para ser devolvido ao proprietário. Mais tarde, porém, dois indivíduos apareceram em uma chácara na localidade de Boqueirão, próximo à Colônia Johannesdorf, no provável intuito de praticar um roubo. A Polícia foi acionada e ao chegar no local entrou em confronto armado com os suspeitos. Um foi morto na hora e o outro chegou a ser socorrido por uma ambulância, mas não resistiu e também acabou morrendo. Os corpos de Everaldo Gonçalves Hannemann, de 23 anos, e de Diego Koleniak, de 21, foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). Nenhum policial foi ferido na ação.

Segundo informações da Polícia, a dupla que entrou em confronto armado na chácara era a mesma da situação que se iniciou em Contenda.