Polícia prende assassino famoso procurado pela polícia argentina em Araucária

cachodentro

Um trabalho conjunto dos policiais civis da Delegacia de Araucária e federais do Departamento da Polícia Federal (PF) resultou na prisão, na manhã de ontem (22), de Angel Alberto Perez, ‘El Loco Cacho’. O argentino era procurado por matar dois vizinhos em crime que ficou conhecido como “Tragédia de Avellaneda”, em 28 de dezembro do ano passado.

El Loco Cacho era procurado pela polícia Argentina e foi matéria nos principais jornais argentinos. Cacho estava escondido no bairro Jardim Condor, em Araucária. A Interpol oferecia recompensa de R$ 45 mil para quem encontrasse o assassino.

A prisão aconteceu depois que o Governo da Argentina solicitou à Justiça Brasileira a expedição de Mandado de Prisão contra Cacho. O mandado foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal, tendo como relator o Ministro Edson Fachin.

Após sua prisão, “El Loco Cacho” foi transferido para o Departamento da Polícia Federal, em Curitiba, onde aguardará os trâmites legais até a sua extradição para o país de origem, onde responderá perante as autoridades locais.

O crime cometido por Cacho, motivado por uma briga de famílias em Avellaneda, vitimou Silvia Rosso, de 57 anos, e deixou a filha dela, de 23, gravemente ferida. Na mesma noite, o noivo da filha de Silvia matou Claudio Martinéz, de 28 anos, achando que ele era El Loco Cacho.

Fonte: Banda B