Preservação do solo foi tema do Dia de Campo da Cresol, realizado em Serrinha

IMG_3251

No último dia 19 de junho a Cresol realizou o Dia de Campo em Serrinha, Contenda, onde abordou a preservação do solo com o intuito de chamar a atenção para a riqueza e a fragilidade deste recurso. Palestrantes do Instituto Federal do Paraná estiveram presentes, entre eles o Prof. Valter Roberto Schaffrath, PHD em solos, e Eric Wanger, especialista em agroecologia.  Participaram do evento, ainda, parceiros da Cresol União dos Planaltos, seus associados e convidados.

O tema foi escolhido com a intenção de instruir melhor os agricultores da região na hora de lidar com o solo. Com o aumento da população e a necessidade de se produzirem cada vez mais alimentos, a vegetação original das florestas e de outros ecossistemas foi sendo destruída para dar lugar ao cultivo de plantas comestíveis e à criação de animais. Hoje, o desmatamento é feito com máquinas (tratores e serras) ou com o fogo, através das queimadas, que trazem uma série de problemas.

Muitas vezes, a atividade agrícola é feita de forma inadequada, seja por desconhecimento ou por falta de recursos e equipamentos. Como resultado, depois de alguns anos de produção, os nutrientes do solo se esgotam e as plantas não se desenvolvem mais de maneira adequada.

Para ser sustentável, a produção de alimentos não deve causar prejuízos ao ambiente; não deve liberar substâncias tóxicas ou danosas na atmosfera, nas águas superficiais ou nos lençóis freáticos; deve preservar e restaurar a fertilidade do solo, prevenindo a erosão e deve usar água de modo a permitir que se recarreguem as reservas aquíferas, evitando que elas se esgotem.

Produzir alimento implica também manter uma diversidade de culturas para não empobrecer o solo e usar, quando necessário, um controle biológico para as pestes, mas com cuidado para evitar a contaminação do ambiente com substâncias químicas que possam se acumular.

Dessa forma a agricultura sustentável facilita a economia local e preserva a saúde do solo e a dos seres que nele vivem.