Servidores estaduais de Contenda decidem manter a greve

O impasse entre os servidores e o Governo do Estado ainda não tem uma previsão de término. Em algumas cidades, porém, as aulas vêm sendo retomadas, apesar da continuidade da paralisação a nível estadual. Em Contenda, no entanto, os servidores decidiram por manter a paralisação. Em reunião realizada no Colégio Estadual Miguel Franco Filho na noite desta quarta-feira (20), os professores da rede estadual que trabalham no município de Contenda se posicionaram a favor da continuidade da greve de maneira unânime. Os educadores do município seguirão o que a APP-Sindicato indicar.

Enquanto isso o Governo já trabalha com um calendário de aulas aos sábados para algumas escolas e janeiro para outras. De acordo com nota postada no site oficial do governo, a questão logística que mais afeta a recomposição é o transporte escolar, realizado em convênio entre estado e municípios, pois algumas prefeituras terão condições de oferecer o transporte aos sábados, enquanto outras não.

Na prática, isso significa que algumas escolas utilizarão os sábados para reposição, fechando o ano escolar ainda em 2015, ao passo que outras terão que avançar em 2016. De qualquer forma, os calendários só poderão ser desenhados com o fim da paralisação dos professores, quando se saberá o número de dias a serem repostos.

Ao fim da reunião no CEMFF, os professores de Contenda postaram o seguinte informativo nas redes sociais:

Ofício pós reunião

Da redação/Alex Wojcik