Show beneficente de Felipe Duram vai ajudar menino da Lapa

Foto: Felipe Rosa – Tribuna do Paraná

Reportagem: Paulo Roberto Peyerl e Oziel Fabrasil

Andar, correr, subir em cadeiras e degraus, pegar objetos, brincar, ou simplesmente respirar. A maioria das crianças de 2 anos faz estes movimentos sem qualquer problema. Mas esta não é a realidade do pequeno Bernardo Fantin Souza, que completou 2 anos no último 20 de abril. O pequeno Bernardo é portador de Atrofia Muscular Espinhal (AME) do tipo 1, a classificação mais grave da doença. Ele mora na Lapa com a mãe e a avó.

Desde poucas semanas de vida, ele não movimenta nenhum membro do corpo, por conta da atrofia dos neurônios motores de sua medula espinhal. Ele sequer respira sem a ajuda de aparelhos. Para tentar trazer alguma melhora à vida do filho, a maquiadora Esttela Fantin, 27 anos, iniciou uma campanha para importar um medicamento que custa R$ 3 milhões.

Felipe Duram, nova promessa do sertanejo universitário e apadrinhado do Sorocaba da dupla Fernando e Sorocaba, resolveu emprestar sua voz para o Bernardo e realizará um show onde toda renda será destinada para pagar o tratamento do menino Bernardo. O autor da famosa ‘Flores em Vida’ (com Zezé di Camargo E Luciano), se apresentará na Lapa no próximo dia 15 de julho, às 23, no Club 7.

Felipe Duram

Após apostar em Luan Santana e Lucas Lucco, o cantor Sorocaba, apresentou recentemente ao Brasil, mais um “apadrinhado” seu: o cantor Felipe Duran, que estreou na net, lançando o clipe “Na sua janela” no Youtube. Diferentemente de muitos dos nomes do estilo, o rapaz goiano canta em um tom mais grave.

Ele diz que suas canções vão pelo “sertanejo folk”. Entre as influências, o cantor lista Joe Cocker, Dire Straits, Michael Bolton, Renato Teixeira, Almir Sater, Tim Maia e Raul Seixas. “O sertanejo fica mais rico quando se junta com outros estilos e influências”, resume Felipe. No ano passado, fez produção musical e a trilha sonora do filme “Vazio Coração”, com Murilo Rosa e Lima Duarte.

Já esteve também em gravações de Daniel, Falamansa e Zezé di Camargo & Luciano. Felipe Duran é goiano e não é um artista novato no cenário musical. Além de cantor, Duran é multi-instrumentista, produtor e arranjador. Depois de conhecer o trabalho de Felipe na Internet, Sorocaba o chamou para fazer parte de um projeto especial. “O Felipe Duran é um artista ímpar e que vai dar o que falar! Ele vem com a influência folk e sertaneja. É algo inovador e inédito”, revela o sertanejo Sorocaba.