Trio rouba mercearia, leva o carro da vítima e acaba preso após perseguição na Lapa

Alexsandro Wojcik com informações da 1.ª CIA

Por volta das 08h10 deste sábado, dia 02 de janeiro, a Polícia Militar da Lapa foi chamada até a Rua Amintas de Barros, na Mercearia Central, onde segundo relato da solicitante, Adriele de Souza Cabachuk, a mesma teria sido vítima de um roubo. Dois cidadãos em atitude suspeita atravessaram a rua e adentraram no estabelecimento onde a mesma trabalha – momento em que encontrava-se sozinha – e com as mãos por baixo da blusa simularam estarem armados e anunciaram um assalto. A vítima contou ainda que foi imobilizada e arrastada para os fundos por um dos homens, onde foi amarrada enquanto o segundo homem roubava o dinheiro do caixa e as chaves do seu veículo.

Logo depois da saída dos bandidos ela conseguiu desamarrar-se sozinha e correu para o meio da rua pedindo socorro, constatando que seu veículo Ford Fiesta, placas ALW-3602, e todo o dinheiro do caixa haviam sido roubados.

De posse das informações repassadas a PM iniciou buscas e prevendo que os autores do roubo poderiam estar se deslocado sentido Curitiba a equipe deslocou-se até o pedágio e conferiu juntos aos funcionários das cabines de cobrança que o referido veículo com os suspeitos ainda não tinha passado pelo local. De lá, a PM seguiu para o distrito de Mariental e não demorou a ser informada pelo pedágio que o veículo acabara de passar pelo local. Imediatamente os policiais solicitaram o apoio da PM de Contenda e se posicionaram numa rua secundária a espera dos suspeitos.

Quando o Fiesta apareceu, o motorista não obedeceu a ordem de parada e empreendeu fuga por uma estrada de Mariental, próximo ao posto de combustíveis Shell. Diante da desobediência e da certeza de que o veículo não iria parar, os policiais efetuaram disparos como alerta. A ação surtiu efeito e o veículo parou, mas na tentativa de efetuar a abordagem, dois homens saíram do carro e fizeram menção de correr para um mato próximo, momento em que a equipe teve de usar força moderada para conter os mesmos, que revidaram a ação com socos e chutes, mesma atitude de uma mulher que saiu do banco passageiro e atacou os policiais quando os mesmos tentavam algemar os dois detidos.

Vandilson Pfutz da Luz, Alessandro de Moura Rosa e Fernanda Abreu dos Santos, todos maiores de idade, foram presos, sendo que ambos os masculinos estavam em indulto de final de ano.

Após a detenção, a viatura de Contenda chegou ao local e levou os três até a delegacia de Polícia Civil da Lapa. Durante deslocamento Vandilson falou que fazia parte do PCC e que os policiais iriam pagar pelo que fizeram.

O veículo e os pertences foram devolvidos à vítima.