Vereador da região diz que vai doar salário para caridade

Vereador Marcio Jandrey (PSD) vai doar seu salário

Enquanto dois vereadores de Curitiba reclamam que o salário bruto de R$ 15.000,00 é pouco, no município de Agudos do Sul, na região metropolitana, um vereador anunciou que vai doar seu salário de parlamentar porque está desiludido com a política.

Marcio Jandrey (PSD) disse que vai passar a doar os cerca de R$ 2,5 mil que recebe para instituições como APAE, escolas e agremiações. “De que adianta ser vereador se a base do prefeito rejeita quase tudo que apresento?”, justificou ao Jornal O Repórter.

Após ser eleito em 2012, Jandrey até começou animado, apresentando projetos, requerimentos e indicações, mas depois desanimou. Ele, que também é empresário, disse que não depende do dinheiro da Câmara para sobreviver. “Gosto da política, gosto de ser vereador, de fiscalizar o município, propor leis, mas não dependo deste trabalho para sobreviver. Não quero me promover com isso”.

Jandrey diz ainda que a primeira instituição beneficiada com seu salário será a APAE. “Estou fazendo um levantamento das escolas e instituições que vão receber o meu salário. Haverá uma ordem na sequência da doação e quando chegar a última volto à primeira. As doações serão rotativas”, diz ele. “Cada entidade vai usar o dinheiro como achar conveniente, dentro das necessidades”, completou.

Agudos do Sul é um pequeno município da região metropolitana, localizado a cerca de 60 km de Curitiba e com pouco menos de 10 mil habitantes. Os vereadores não têm gabinete e, oficialmente, só tem que aparecer uma vez por semana na Câmara para uma sessão que dura em média uma hora.

Fonte: Jornal O Repórter