Empresa não paga rescisão e ônibus de Araucária saem atrasados

bus

Foto: Willian Schimitt.

Os usuários do transporte coletivo de Araucária tiveram problemas no início da manhã desta terça-feira (24) com o atraso de uma hora na saída dos coletivos da garagem. O atraso foi um protesto dos trabalhadores da empresa Araucária Transporte Coletivo, que demitiu 16 funcionários, entre motoristas e cobradores, e não pagou as verbas rescisórias e nem o salário do mês destes trabalhadores. Os ônibus ficaram sem circularas das 4h30 até às 5h30. Depois, a situação foi normalizada. A empresa ainda não se manifestou sobre o atraso e o protesto dos trabalhadores.

Da redação com informações da Banda B