Contenda participa de pacto por revitalização do Iguaçu

noticia_803288_img1_rio-iguau

Rio Iguaçu. Foto: divulgação.

O governo do Estado enfatizou um projeto de revitalização do Rio Iguaçu, recentemente, e os prefeitos da Região Metropolitana assinaram um pacto pela proteção dos mananciais de água em suas cidades. O projeto de revitalização do Iguaçu conta com a participação de várias áreas do Governo, como Sanepar, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e órgão vinculados e a Copel. No momento a fase é de elaboração do projeto e propostas de ações, que depois serão discutidas com todos os segmentos sociais por meio dos Comitês de Bacias. Hoje, o Paraná conta com 12 comitês, dois deles no Rio Iguaçu, onde também foi iniciada, de forma pioneira, a cobrança pelo uso da água.

O secretário estadual do Meio Ambiente, Ricardo Soavinski, afirmou que o projeto para o Rio Iguaçu vai priorizar a revitalização de trechos mais urbanizados, que são os mais ameaçados. “Estamos seguros de que este projeto não é para um ou dois governos, mas um protejo da sociedade, que exigirá o compromisso deste e dos próximos governantes, com um arranjo institucional que garanta sua continuidade”, disse Soavinski.

O Pacto pelas Nascentes de Água da Região Metropolitana de Curitiba foi assinado por dez municípios participantes do Fórum de Secretários de Meio Ambiente da Região Metropolitana. O novo compromisso tem a intenção de reforçar a necessidade de proteção das nascentes, principalmente as localizadas em área urbana. Através do pacto, o município participante se compromete em diagnosticar, classificar, preservar, conservar e valorizar as nascentes, principalmente as localizadas em área urbana, e ainda ensinar e educar a sociedade sobre a importância da conservação da natureza.

Contenda participa do pacto, os outros municípios participantes são: Araucária, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Tijucas do Sul e Itaperuçu.

Da redação com informações do Bem Paraná