Polícia segue na cola de 15 homens que fugiram da delegacia de Piraquara

delegacia_01

Delegacia de Piraquara.

A polícia procura 15 presos que fugiram da carceragem da delegacia de Piraquara na noite de domingo. Dos 35 homens que ocupavam as celas, 18 conseguiram sair, mas dois foram recapturados e um morreu em confronto com a Polícia Militar. Antes de deixar o local, os fugitivos roubaram parte do armamento que estava nos armários e houve troca de tiros com os policiais de plantão. Um investigador, baleado no ombro, foi socorrido ao hospital e recebeu altas horas depois.

Depois de ganhar as ruas, os bandidos roubaram carros e começaram a se dispersar. Dois foram recapturados, ainda nas proximidades da delegacia. Cerca de 40 minutos após a fuga, um dos presos trocou tiros com policiais militares na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca e morreu no local.

Até a noite de ontem, o corpo permanecia no Instituto Médico-legal sem identificação oficial. Entretanto, policiais informaram que ele pode ser Diego da Silva Barbosa, 18 anos, conhecido como “Tiquinho”.

Moradores ligaram para a polícia pouco tempo após a fuga, informando ter ouvido novos disparos de arma de fogo em outras regiões da cidade. Alguns dos carros, que foram roubados, foram abandonados perto de matagais.

A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) não se manifestou sobre a fuga de praticamente metade dos detidos na carceragem de Piraquara. A Polícia Civil não divulgou a lista oficial dos foragidos.

Fonte: Paraná Online