Cão vela companheiro morto por 16 horas na BR entre Contenda e Araucária

Foto: Danilo Strugala

Texto: Eduardo Luiz Klisiewicz / Tribuna do Paraná

O “melhor amigo do homem” segue dando exemplos de que muitas vezes é mais “humano” – nem sei se é a vontade deles – que muito de seus donos ou tutores. Na manhã desta quarta-feira (30), uma cena curiosa chamou a atenção do policial militar Danilo Strugala, quando ele seguia para o trabalho. Por volta das 6h30 um cachorro preto, sem raça definida (o nosso bom e velho vira-latas) velava fielmente um outro cachorro, de pelagem clara, que havia sido atropelado.

Não se sabe as circunstâncias e nem o horário do acidente, mas a lealdade com que um animal demonstrou ao outro chamou a atenção. Esse é um comportamento típico dos cachorros, mas quando a cena está diante dos nossos olhos a força do gesto chama mais atenção.

O corpo do cachorro estava na pista de rolagem, sentido Araucária/Contenda, próximo à ponte sobre o Rio Iguaçu. “Estava indo pro serviço e encontrei os dois ali, um do lado do outro. Uma hora depois retornei e estavam no mesmo lugar. Tirei foto e postei no Facebook. Um colega comentou que eles estavam ali desde as 20h de terça-feira”, comentou o PM.

Preocupados com a segurança do outro bichinho, Danilo puxou o animal morto para o acostamento e o fiel companheiro seguiu no local. Segundo informações do próprio PM, a concessionária que administra o trecho foi acionada e apenas as 12h30 o cachorro foi retirado do local. O outro animal, amigo saudoso, acabou ficando no local.

Foto: Marco Charneski / Tribuna do Paraná