Meio ano atrasado, recape da Sotel Cordeiro enfim vai sendo finalizado

Alexsandro Wojcik

A Rua Francisco Sotel Cordeiro, que fica no centro de Contenda, tem um fluxo intenso de veículos, estava em condições precárias e esperava para receber um recape asfáltico, além de calçamento, desde o final de 2015. Não era há pouco tempo que a melhoria da via fazia parte das reivindicações na cidade e quando anunciado o recape foi comemorado pela população. No entanto, a obra que já era para estar entregue desde novembro de 2015 – como indica a própria placa da Prefeitura fixada no local – se arrastou, complicando o trânsito da região, e somente agora vai sendo finalizada.

A justificativa dada pela Prefeitura com relação ao atraso da finalização do recape é que, por se tratar de uma obra feita em convênio com o Governo Federal, a obra tem suas etapas liberadas pela Caixa Econômica, que por sua vez estaria travando a liberação das mesmas devido a questões orçamentárias, prejudicando assim a continuidade do trabalho dentro do prazo estipulado.

No início das obras, aliás, a repavimentação já levantou polêmica. Isto porque apesar de grande parte da referida rua não possuir calçadas, rampas de acesso para cadeirantes foram construídas em sua extensão, o que foi alvo de questionamento por parte dos munícipes. Quanto às rampas, a Prefeitura disse que a inclusão da acessibilidade (guias rebaixadas para cadeirantes) era um requisito específico do convênio, que previa sua conclusão ainda na fase inicial da obra. Só assim as demais etapas seriam aprovadas pela Caixa. O fato é que atualmente muitas das guias já foram danificadas e precisarão ser refeitas.

Rampas

Ainda segundo a Prefeitura, os recursos que estão sendo aplicados no recape da Sotel Cordeiro são provenientes de uma emenda parlamentar. Ao seu fim, a obra custará quase quatrocentos mil reais (R$ 399.480,43).

Salve as inconveniências causadas pelo atraso, a obra deve ser finalizada durante as próximas semanas, com a colocação de calçamento e a pintura da sinalização viária.

Fotos: Alexsandro Wojcik