Motorista embriagado que atropelou e matou mulher paga fiança de R$ 8 mil e é solto

Bruno Henrique

Foto: Bruno Henrique.

O motorista que atropelou e matou uma mulher de 55 anos no bairro Rebouças, em Curitiba, pagou fiança de R$ 8 mil nesta quarta-feira (22) e foi solto da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran). O professor de Educação Física, que confessou ter dormido ao volante e ingerido bebida alcoólica antes do acidente, deve responder o processo na Justiça em liberdade.

 “A lei possibilita o pagamento da fiança e soltura já que ele cumpriu os pré-requisitos necessários e tem bons antecedentes”, explicou o superintendente Ivan Duarte da Dedetran, em entrevista à Banda B.

A carteira de habilitação do motorista está retida no Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). Segundo o superintendente, a lei permite que ele faça um requerimento para tê-la de volta, já que o processo de cassação é lenta. “Ele provavelmente vai ter que se apresentar no Detran para prestar esclarecimentos. Posteriormente, dependerá do juiz se ele terá ou não o documento cassado”, completou ele.

O caso aconteceu no cruzamento da Avenida Presidente Kennedy com a Lamenha Lins na manhã desta terça-feira (21). De acordo com testemunhas, o carro seguia em direção ao Jardim Botânico quando o motorista perdeu a direção e atingiu um poste de sinalização. Nesse momento, a pedestre aguardava para atravessar a rua.

Maria da Luz Rosa Cavalheiro estava parada na calçada quando foi atingida pelo veículo. A vítima tinha seis filhos, morava no Parolin e seguia para o trabalho, um restaurante mexicano, quando o acidente aconteceu. A Dedetran é responsável por investigar o caso.

Fonte: Banda B