Envolvidos em acidente que matou mãe e filho tinham bebido

marco

A Delegacia de Araucária abriu inquérito policial para investigar as causas do acidente que matou mãe e filho na tarde do último domingo (20).

Dois homens foram atuados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e encaminhados para a delegacia. Eles foram ouvidos e liberados.

A colisão envolveu um Fiat Uno, uma caminhonete S-10 e um veículo Fiat Tipo. O jovem que conduzia o Fiat Tipo não tinha carteira de motorista e estava no acostamento saindo para a pista para fazer uma conversão proibida.

“Nós já abrimos inquérito e agora a polícia tem 30 dias para apurar o que realmente aconteceu. Inicialmente este jovem já recebeu a medida administrativa e terá que pagar multa por dirigir sem ter carteira de habilitação. Quanto a outras providências, só no desenrolar da investigação poderemos responder. Agora temos que esperar o laudo da criminalística”, afirmou o delegado Messias Antônio da Rosa, da delegacia do município.

Messias ainda afirmou que os dois motoristas, da S-10 e do Fiat Tipo, fizeram o teste do bafômetro que indicou consumo de bebida alcoólica, mas abaixo dos parâmetros que indicam crime. De acordo com a Polícia Civil (PC), o exame do bafômetro da dupla deu um número menor que 0,32 mg/l, o que impossibilita que eles sejam incriminados. 

Fonte: Tribuna do Paraná

Foto: Marco Charneski