Renault Clio: um modelo que foi se reestilizando ao longo de décadas

Conheça a história do Renault Clio e saiba o que mudou!

Crédito da imagem: pxhere.com

Comprar o carro dos sonhos requer de muitos cuidados e, principalmente, muita atenção por parte do consumidor e do vendedor. Já que devem ser passadas todas as orientações sobre o veículo que será adquirido, além de indicar os melhores modelos para evitar que problemas possam surgir durante o período que está sendo utilizado. Procure sempre as marcas que são referências no mercado e que foram aperfeiçoando seus modelos mais conhecidos com o passar dos anos.

A Renault, conhecida no Brasil e no mundo pelos seus carros contendo aplicações bastante importantes em tecnologia de ponta para mobilidade, além de alta performance, foi ganhando destaque e atualmente é referência no mercado automobilístico.    Com o passar dos anos a marca foi lançando modelos cada vez mais surpreendentes, em 1990 foi anunciado o Clio que chegou para revolucionar o conceito que se tinha até então sobre veículos.

É importante ressaltar que este foi o primeiro modelo não esportivo a receber nome e não número, o lançamento foi realizado no Salão de Genebra. Continue lendo o artigo e entenda a trajetória do Clio da Renault ao longo dos anos até chegar ao modelo que é conhecido atualmente.

História do Clio da Renault

Como mencionado anteriormente, o Clio foi lançado em 1990 liderando as vendas de automóveis no Brasil e no mundo. O que mais chamou a atenção foi o design, já que apresentava um formato simples e dinâmico, porém chamativo e encantador. Com seu formato arredondado foi conquistando os fanáticos por carros, os quatro motores oferecidos também ganharam destaque. São eles:

  • 108 cm³ e 49 cv, com gasolina e carburador;
  • 390 cm³ e 80 cv, com gasolina e carburador;
  • 721 cm³ e 92 cv, com injeção;
  • 870 cm³ e 65 cv, a diesel.

Já em 1991, o motor foi mudando e melhorando para agradar às exigências do consumidor. Dois anos depois, o Clio da Renault se tornou ainda mais atraente, com as rodas de alumínio, volante e bancos mais esportivos. Além disso, ele contava com freios a disco nas quatro rodas do veiculo. As mudanças não pararam por aí, em 98 foi lançada a segunda versão do Clio da Renault, também na Genebra.

A Renault adicionou linhas curvas em todo o design do carro, desde a extremidade do capo até o vidro traseiro. O comprimento cresceu para 3,77 metros e a distância entre os eixos também cresceu, indo para 2,48 metros. Está mudança empatou mais com a concorrência que também continuava inovando, tais como a Fiat, a Chevrolet e a Peugeot.

Em 2000 o Clio revolucionou e entrou para história, com o modelo Clio Sport 16V que contava com motor de 1.998 cm³. Em 2001, ganhou novo visual inspirado no Vel Satis com grandes faróis. Além disso, esta versão tinha:

  • Faróis de xenônio;
  • Painel;
  • Assistência na direção.

Com o passar dos anos o modelo foi sofrendo alterações e melhorando cada vez mais o desempenho e o design, até chegar à versão mais nova. Confira todos os detalhes sobre o Clio 2018 e se encante com as mudanças!

Clio 2018

O Clio 2018 da Renault é sinônimo de tecnologia, qualidade e bom desempenho no volante. Nesta versão foi adicionado ao veículo, motor 1.5, banco de motorista com ajustes, amortecedores hidráulicos e travamento central as portas, além disso, ar condicionado digital e cintos traseiros retráteis.

O design do Clio 2018 é muito atraente e elegante, com vidros e travas elétricas, bancos de couro, câmera de ré, auxiliar de estacionamento, sistema de som, faróis de LED, câmbio manual de seis marchas e toda a segurança que você precisa para viajar e aproveitar com toda a família e amigos.

Antes de realizar a compra do automóvel procure ler com muita atenção o manual, já que lá são especificados todos os detalhes importantes. Se possível converse com um profissional experiente no setor, assim não irão ficar dúvidas sobre o funcionamento e os cuidados que devem ser tomados ao dirigir. Consulte também com conhecidos que tenham optado por este modelo.

Também é indicado que o motorista realize um teste drive antes de escolher aquele que mais vale a pena, isso é muito importante para poder ver se esta tudo em ordem e boas condições para ser comprado. Caso ocorra algum problema inesperado, converse com o dono ou com a concessionária para trocar ou concertar antes de ser levado para casa.

Vale a pena investir no Clio da Renault?

Está pensando em comprar o seu Clio em Curitiba? Calma, antes analise com cuidado todas as vantagens e desvantagens que ele proporciona para o dia a dia, seja para ir trabalhar ou para fazer aquela viagem com a família durante o final de semana. Procure sempre entender qual é a melhor opção antes de escolher na correria, se possível analise o manual que vem junto com o carro e faça uma lista com todos os itens para poder avaliar melhor.

Como visto anteriormente ele possui vários pontos positivos, como design inovador, conforto, praticidade, tecnologia de excelente qualidade e alta performance. Avalie esses requisitos junto ao valor que é oferecido nas concessionárias e em sites de carros na internet, pois assim será mais fácil avaliar qual é a opção mais viável.

Um dos principais fatores que devem ser levados em consideração na hora de comprar um carro é o consumo, assim será possível saber quanto que ele irá gastar de gasolina por quilometro rodado. O novo Clio 2018, quando abastecido com gasolina, consome 13,1 km/l na cidade e na estrada aumenta para 14,3 km/l. A mais nova versão da Renault custa em média, R$ 50.000,00. Claro, o preço pode variar de acordo com o local aonde ele será comprado, fique sempre atento e analise com cuidado o veículo.

Gostou do artigo? Continue acompanhando nossas postagens e entenda tudo sobre o Renault Clio e os carros revolucionaram o mundo. Compartilhe em nossas redes sociais, certamente irá ajudar muitas pessoas na escolha do veiculo perfeito!